Sobre nós

RECONHECIMENTO PÚBLICO
O programa de aprendizagem da instituição, conhecido anteriormente como Instituto Betesda (ANTES DA FUSÃO ENTRE AS ORGANIZAÇÕES) foi registrado como um caso de exemplo para instituições da área, através do livro Ser Aprendiz, organizado pela Procuradora do Trabalho Dra. Mariane Josviak e pela Coordenadora da Área de Aprendizagem do Governo do Estado do Paraná Dra. Regina Blay, publicado em 2009, no Artigo: A Aprendizagem e Seus Efeitos sobre a Promoção Social de Adolescentes e Jovens na História do Trabalho Infantil. (Livro: SER APRENDIZ Aprendizagem Profissional e Políticas Públicas: aspectos jurídicos, teóricos e práticos, São Paulo: LTr, 2009).

Este projeto recebe incentivo fiscal com o nome APRENDIZ CAPAZ, pelo fundo municipal de Curitiba.

Por três premiações consecutivas a organização foi contemplada pela Força Voluntária Itaipú com os seguintes projetos:

• Sorriso Feliz (2007), que descreveu o funcionamento e impacto social produzido pelo projeto Linha da Vida, na Vila Zumbi/Mauá.
• Costura Fina (2009), relatando nossa experiência no projeto desenvolvido na formação de costureiras na região metropolitana de Curitiba.
• Enxoval Solidário (2011), demonstrando as ações voltadas para a humanização dos atendimentos em hospitais.

Votos de Congratulações e Aplausos Câmara de Vereadores de Curitiba – 2011.

Menção honrosa da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná a Voluntária Verônica Monteiro – 2014.

Menção honrosa da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná a ABC Vida – 2015.

Reconhecida por suas práticas em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, objetivos de Desenvolvimento Sustentável e pelo seu papel como articuladora do crescimento sustentável do Paraná, pelo grupo FIEF, SENAI, SESI, IEL, pelo movimento Nós Podemos Paraná, e pelo Movimento Nacional por Cidadania e Sustentabilidade, 5ª Edição, 2015.

Menção Honrosa Empresa Solidária, Município de Araucária, 26 de fevereiro de 2016.

Portadora do Selo Ajuda Paraná 2016, que atesta a regularidade da organização para receber doações.

PÚBLICO ALVO DA INSTITUIÇÃO
O público atendido pelos programas da ABC Vida é composto de crianças de 0 a 12 anos e adolescentes a partir de 14 anos até a Melhor Idade. Somando-se todos os projetos, cerca de 850 pessoas/ano são atendidas diretamente por mês.

Quanto à sua condição SÓCIO-ECONÔMICA, cerca de 80% das pessoas assistidas encontra-se em situação de vulnerabilidade social, sobrevivendo com uma renda per capita de ½ salário mínimo, com nível escolar predominantemente do Ensino Fundamental ou cursando o Ensino Médio. Da mesma forma, são moradores da periferia da cidade, onde as facilidades para o uso de um computador com internet banda larga e as oportunidades de trabalho são muito reduzidas.

Temos ainda aproximadamente 10% deste público composto por pessoas em situação de abrigo, morador de rua, ou adolescente em conflito com lei.

As características desse público podem ser assim resumidas, considerando-se a média de 1000 pessoas assistidas anualmente:

• Crianças até 12 anos – 7,6%
• Adolescentes até 18 anos – 59,7%
• Adultos e Famílias – 23,5%
• Moradores de Rua – 0,5%
• Mulheres e Melhor Idade – 4,3%
• Migrantes – 3,3%
• Pessoas Com Deficiência – 0,7%

BREVE APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS
A ABC VIDA desenvolve 4 programas sociais distribuídos em 22 projetos/ações, atingindo no ano de 2014 diretamente mais de 7 mil pessoas, mas além deste público, seu impacto indireto atinge a mais de 2 a 5 mil pessoas.

PROGRAMA APRENDIZAGEM PROFISSIONALIZANTE

É o conjunto de projetos que visam gerar renda, aumentar a trabalhabilidade do indivíduo e fomentar o empreendedorismo.

Atualmente são 7 projetos/ações que dão suporte aos objetivos do Programa.

1. APRENDIZ CAPAZ: possibilita o primeiro emprego assistido para adolescentes e jovens.
É estabelecido pela Lei 10097/2000 com a finalidade de erradicar o trabalho infantil, erradicar a pobreza, melhorar o nível de escolaridade, assistindo o adolescente o jovem durante a formação da cultura para o Mundo do Trabalho.

2. APRENDIZ SUPERAÇÃO: possibilita o acesso ao emprego para pessoas com deficiência.
Ocorre nos mesmos moldes do Aprendiz Capaz, porém sem o limite de idade de 24 anos.

3. ESPAÇO DO SABER: fornece cursos e-learning para a população assistida certificando-a em parceria com a DTCOM.
São diversos cursos disponíveis voltados para o auto-desenvolvimento.
Recomendamos também o espaço de cursos gratuitos on-line da FGV: http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos, dentre outros.

4. ABC EMPREGOS: encaminha pessoas para vagas de empregos.
Recebe e encaminha currículos diariamente, tendo como principais parceiros o portal Meu Novo Trabalho, com centenas de vagas mensalmente e a empresa SoftMarketing, que abre mais de 200 vagas mensalmente para atender grandes empresas como COPEL, GVT e outras na área de telemática.
Portal com tudo o que a pessoa precisa saber sobre empregabilidade/trabalhabilidade: http://www.meunovotrabalho.com.br/

5. CURSOS PROFISSIONALIZANTES:
a) CURSO DE ESTÉTICA E BELEZA: Funciona de segunda a sexta-feira, das 14 às 17h, e a aluna deve estar matriculada para poder cursar. São cursos rápidos com até 36h;
b) CURSO DE COSTURA: as sextas-feiras promove o aprendizado na área de corte e costura;
c) CURSOS VINCULADOS A OUTROS PROJETOS: Cursos Tecnologias Alimentares, Auxiliar Administrativo, Vestuário, Telemática, Mecânica e Manutenção Geral: todas as segundas-feiras as 8 as 14h, atendendo atualmente apenas aos alunos da aprendizagem. Está em estudo para ser aberto a comunidade.

6. EMPREENDEDORISMO: Pode atender a pequenos empresários e pessoas que desejam empreender, mediante os parceiros Aliança Empreendedora e Agência Curitiba.

7. PALESTRAS DE CAPACITAÇÃO E MOBILIZAÇÃO: a ABC Vida possui contato com inúmeros stakeholders disponíveis para palestrar sobre temas diversos que envolvem a carreira profissional, produtividade e o desenvolvimento de habilidades pessoais.

PROGRAMA DEFESA E GARANTIA DE DIREITOS

Busca articulação com os CRAS – Centro de Referência e Assistencial Social Municipal e com a Rede de Sócio Assistência Municipal, tendo em vista garantir e defender os direitos de cidadania, com base na Lei Orgânica da Assistência Social, através de 08 focos de ação. As ações se articulam e são complementares umas das outras.

1. Projeto de Qualidade de Vida para Famílias: foram 238 famílias atendidas com ações que buscam em articulação com os CRAS o atendimento de pessoas empobrecidas, ajudando-as a obter direitos e aprimorando o processo de inclusão social.

2. Atendimento a Moradores de Rua: São encaminhamentos nas mais diversas áreas, como banho, alimentação e inclusão em comunidades terapêuticas. Neste ano atendemos a 21 moradores de rua ao longo do ano e 4 já saíram desta situação.

3. Articulação de Vagas em Comunidades Terapêuticas: A ABC Vida apoia algumas organizações com alimentos e outros donativos, para ter vagas disponíveis em contrapartida, para a população que assiste, neste ano necessitou de 15 vagas ao longo do ano.

4. Empréstimo de Equipamentos Hospitalares: Ao todo 10 famílias foram beneficiadas.

5. Apoio a Haitianos e Refugiados: Foram apoiadas 120 pessoas, com obtenção de alimentos, documentos, empregos entre outras ações.

6. Apoio para familiares do programa de aprendizagem: apoio para situações de negligência, violência e outros para 225 pessoas.

7. Encaminhamento para Canaã Saúde e doação de medicamentos: 20.

8. ABC Noite Aberta: Capacitou 30 pessoas para atuar na rede de sócio assistência do município e a política de assistência no Brasil.

PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA PARA A MELHOR IDADE

Busca incluir o idoso e mulheres em atividades de grupos de convivência, discussão de direitos e atividades de inclusão produtiva no viés da solidariedade. Estas ações elevam sua auto estima e melhoram o seu estado emocional, dentre outros pontos fortes de sua atuação.

1. Enxoval Solidário: oficina de produção de kit de recém nascido, no qual as idosas e mulheres aprendem a elaborar os materiais e os confeccionam enquanto desfrutam da companhia e amizade umas das outras. Debatem problemas pessoais e se ajudam mutuamente. O material produzido é destinado às famílias incluídas em programas de sócio assistência, sem nenhum custo. Teve em média a participação de 30 pessoas entre idosas e mulheres.

2. Oficina de Crochê e Tricô: semelhante ao Enxoval Solidário, porém com outro tipo de oficina, teve em média a participação de 10 pessoas entre idosas e mulheres. O material produzido em parte é destinado a casas de repouso do município, a outra parte é vendida pelas participantes, quando há necessidade de financiar sua participação em fóruns da terceira idade ou em temáticas femininas.

3. Oficina de Artesanato: Ainda dentro da mesma ênfase de grupo de convivência, destina sua produção para uso próprio. Teve em média 8 participantes ao longo do ano.

4. Coral: Outro grupo de convivência tendo como oficina a música. Em média foram 30 idosos participando semanalmente.

5. Recreação: Encontros para a realização de atividades físicas, teve a frequência média em média 20 idosos.

6. Inclusão digital: Oficina de redes sociais e internet, com frequência média em torno de 10 idosos.

7. Nosso Bazar: Ação voluntária que mobilizou mais de 20 mulheres para o atendimento do projeto e atingiu a mais de 3800 pessoas ao longo de 2014.
Este projeto fomenta recursos para a organização, sendo sua 3ª principal fonte.

8. Amor em Linha: fornece o aprendizado de artesanato que é comercializado com venda revertida para a ABC Vida.

9. Corte e costura: curso de corte e costura para todas as faixas etárias, com mais de 20 alunas formadas.

PROGRAMA DIGNIDADE

Busca atingir a região metropolitana de Curitiba com ações na área de saúde e lazer, cultura e esporte para crianças e adolescentes, além do contra-turno escolar. São 03 projetos neste eixo.

1) Artes Marciais na Vila Zumbi – atende a 50 Crianças e Adolescentes.

2) Contra-turno escolar Vila Zumbi – cuida de 40 Crianças.

3) Linha para Vida: consultório médico e odontológico móvel – atende a 40 pessoas por mês.

Mordomia Corporativa
Uma das medidas adotadas pela instituição para manter um padrão de administração responsável é atualizar todas as certidões negativas, no mínimo a cada 6 meses.

Registros e Certificações
A ONG está registrada no CNPJ nº. 72.258.395/0001-38 e recebeu as inscrições nos:

• Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMTIBA) – nº. 254
• Conselho Municipal de Assistência Social de Colombo (COMAS) – nº. 106
• Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Colombo (CMDCA) – nº. 031
• Conselho Municipal de Assistência Social de Curitiba (CMAS) – nº 660
• Fundação de Ação Social (FAS) n° 426
• PROVOPAR
• Certificado de Utilidade Pública Municipal – Lei n° 11.121 de 26 de agosto de 2004
• Certificado de Utilidade Pública Estadual – Lei nº 12.357 de 8 de dezembro de 1998
• Certificado de Utilidade Pública Federal – Portaria nº 124 de 14 de janeiro de 2009
• Registro dos Cursos de Aprendizagem no sistema Juventude Web do Ministério do Trabalho e Emprego sob os números: 3310, 5509 e 5562.

NOSSO FACEBOOK  
VEJA TAMBÉM